Como tomar Viagra corretamente – Melhor Estimulante Sexual

Aposto que você já ouviu falar do famoso Viagra, aquele comprimido azul que é vendido nas farmácias que promete combater a impotência sexual e disfunção erétil, lembrou agora?

Pois bem, o Viagra (Citrato de sildenafila) é um composto que atua diretamente no seu sistema cardiovascular prometendo combater a impotência e disfunção, todavia, ele promete e cumpre, iremos explicar mais para frente como ele funciona.

Estimulante sexual natural

Mas antes disso, é importante que você saiba que este artigo é de suma importância pois caso você tome o medicamento de maneira equivocada, você pode chegar vim a óbito, podendo morrer de diversas causas ligadas ao sistema cardiovascular, como por exemplo: Um infarto do miocárdio (obstrução das veias coronárias, que irrigam o músculo do miocárdio)

Agora que já consegui chamar sua atenção e te introduzi bem sobre o assunto, vamos falar um pouco do tema foco deste artigo, auxiliando você na obtenção de respostas de todas estas dúvidas.

O que é o Viagra e para que serve?

O Viagra foi de fato o pioneiro no tratamento das disfunções sexuais, desde a data de seu lançamento, 1998, ele demonstrou eficácia e tomou conta das prateleiras pelo seu preço bem em conta.

Como um medicamente que atua diretamente no sistema cardiovascular, é importante que saibamos a maneira correta de tomá-lo, tudo bem?

Caso você esteja cogitando tomá-lo pela primeira vez, é importante que você leia este artigo com bastante atenção e cautela, fechou?

Como tomar corretamente?

Você deve tomar o Viagra de maneira normal, como qualquer outro remédio, com água ou suco, jamais com bebidas com altos teor de álcool.

Viagra - Como tomarCaso o “paciente” opte por tomar juntamente com alguma refeição (almoço, janta…) ele pode sem problema algum, todavia, caso a refeição tenha altos teores de gordura, como por exemplo: Bife com fritas, salgados, churrascos… o efeito do estimulante pode demorar um pouco mais para bradar, por conta que a gordura atrapalha e muito à ação do remédio.

E como citado acima, não se deve em caso algum ingerir álcool com esta droga, caso você ingira em excesso, pode vedar os efeitos, fazendo com que sua ereção seja “barrada” por alguns minutos.

Suponho que ao ingerir o Viagra você pretende usufruir o máximo de seus benefícios, visando isso, é recomendável que tome somente com água, tudo bem?

Os efeitos do estimulante bradam de forma muito rápida. Por isso, é indicado que você faça o uso do Viagra cerca de meia hora antes do ato do coito (relação sexual), para que você tenha certeza que o “azulzinho” vai ter tempo suficiente para começar bradar em seu organismo.

Os efeitos do do remédio permanecem bradando e a todo vapor até cerca de 4 horas após o consumo do medicamento, podendo até causar possíveis ereções involuntárias.

Dosagem correta do Viagra

Não é recomendável você tomar mais de uma unidade da droga dentro de 24 horas (1 dia). A dosagem do Viagra ideal é somente um por dia, podendo ser bastante perigoso tomar mais de uma unidade diária, podendo causar infartos e afins, como citado acima.

Cada comprimido possui cerca de 25 mg, mas isso não significa que tomando duas unidades seu desempenho irá multiplicar proporcionalmente à quantidade.

Existe alguns comprimidos de 25, 50 e 100 mg, todavia, em ambos os casos a dose recomendada é somente uma unidade diária, como citado acima, até meia hora antes do sexo.

Os comprimidos de 50 mg são indicados para aqueles que sofrem com ereções enfraquecidas na hora do coito. Porém, para os iniciantes é recomendado que comece pelas doses menores, ou seja, por 25 mg.

Quem pode tomar o estimulante sexual masculino?

Todas pessoas podem tomar Viagra, com exceção de algumas que iremos descrever aqui abaixo.

  • Pessoas que possuem pressão arterial muito baixa não podem fazer o uso da droga.
  • Pessoas que tomam medicamentos à base de Nitratos também não podem utilizar.
  • Homens que são cardíacos não devem de maneira alguma tomar o comprimido.
  • Caso você não tenha 18 anos completos, não é indicado que tome.

Em todo caso, é recomendado que você procure orientações médicas para evitar possíveis ataques súbitos, pois como citado acima, o remédio acelera o seu coração fazendo ele bombear mais sangue, para assim levar mais sangue para seu órgão.

Com mais sangue indo para o pênis, a sua ereção será mais forte, firme e duradoura, todavia, em todos casos, é importante que você realmente procure um especialista no âmbito.

Onde comprar Viagra?

O Viagra pode ser adquirido nas farmácias e drogarias de sua cidade, todavia, pode ser um pouco constrangedor você chegar pedindo o “azulzinho”.

Por essa razão, também surgiram as vendas pela Internet, fazendo com que os comprimidos cheguem em sua casa pelos correios sem qualquer identificação do conteúdo em sim.

É óbvio que o primeiro local de compra é mais viável e barato, todavia, vai de sua escolha, de pessoa para pessoa…

Preço Viagra na farmácia 

O preço do Viagra varia bastante, até que é bem em conta pelos benefícios e por conta de ser original. Em algumas farmácias, como por exemplo, a PagueMenos, o Viagra custa cerca de 80 reais o kit com três caixas.

Todavia, varia muito o preço, existe também as marcas genéricas, que são mais em conta, mas as originais são mais recomendadas.

E para fechar com chave de ouro, iremos abordar um tópico “bônus” para vocês, tudo bem?

Mulheres podem tomar?

Embora muitas mulheres utilizem o Viagra masculino, por conta da promessa de aumento na libido e uma maior disposição sexual, não existe nada comprovado sobre os benefícios na vida sexual das mulheres.

Ainda mais agora com o surgimento do tesão de vaca, estimulante sexual feminino, agora não existe mais motivos para que elas façam o uso do drogas destinadas aos homens.

Mesmo algumas achando que o Viagra masculino pode aumentar de fato o prazer sexual, não existe nada comprovado cientificamente de sua eficácia.

Como ninguém nunca estudou afundo sobre o assunto, os efeitos positivos e negativos que o estimulante pode ocasionar nas mulheres ainda não são reconhecidos, sobre isso, os especialistas ainda continuam céticos.

Deixe um comentário