Disfunção erétil e aumento de pênis

Um problema que muitos homens enfrentam é a disfunção erétil e o tamanho do pênis. Isso pode não parecer tao grave, mas pode se agravar quando ele esta prejudicando o homem diretamente ou indiretamente nos relacionamentos.

Diretamente quando se falamos em disfunção, quando o homem não consegue manter ou ter uma ereção, isso acaba com auto estima e destrói relacionamentos. O aumento do pênis pode ser indiretamente pois deixa o homem com o psicológico ruim na hora do sexo.

Há formas fáceis de como aumentar o pênis rapidamente com cremes e bombas penianas, mas e quando o problema também mexe com as ereções? Veja algumas das formas de obter ere coes duradouras com eficiência.

como aumentar o penis rapido

A VANTAGEM DAS INJEÇÕES INTRACAVERNOSAS:

As injeções funcionam rapidamente, em 3 a 5 minutos o pênis fica totalmente rígido, sendo que a rigidez peniana é “nota 10” e dura por 60 a 90 minutos. Podem ser usadas mesmo com bebidas alcoólicas ou após uma refeição. São facílimas de aplicar e não doem absolutamente nada. (o que dói, e muito, é não conseguir ter relação quando se deseja).

Comparado com os comprimidos, a injeção permite ajustar a dose exatamente de acordo com a necessidade do paciente. Isso é de grande utilidade quando o paciente faz a terapia combinada associando a medicação injetável com o tratamento psicológico que programa a retirada progressiva da medicação injetável, de modo a recuperar as suas ereções espontâneas, o que costuma ocorrer ao final de 2 ou 3 meses de tratamento.

À medida que os pacientes recuperam a autoconfiança, aumenta o tempo de ereção, o que indica a necessidade de se diminuir gradativamente a dose do medicamento. Esse acompanhamento deve ser feito pelo psicólogo em conjunto com o urologista.

Consideramos que essa é a forma mais honesta e correta de tratar a disfunção erétil, pois é a que dá mais chance para a recuperação das ereções espontâneas, sem “condenar” os pacientes a uma escravidão perpétua dos comprimidos orais, apenas para ter relações sexuais. Além disso as injeções têm um custo muitíssimo mais baixo, sendo muito mais acessíveis; o que possibilita relações sexuais diárias.

Alguns trabalhos tentam demonstrar se haveria alguma relação entre a técnica de injeções intracavernosas e a curvatura peniana. Isso costuma ser citado como uma das possíveis causas de curvatura do pênis. Na verdade essa relação jamais ficou comprovada de forma clara, tanto que a grande maioria dos pacientes (99%, talvez) que têm curvatura peniana, jamais usou injeção no pênis.

INJEÇÃO NO PÊNIS DÓI? NÃO! INJEÇÃO NO PÊNIS NÃO DÓI!

Ao contrário do que se pensa, injeção no pênis NÃO DÓI absolutamente nada. Você ficaria surpreso ao constatar esse fato. Para comprovar o que digo faça um teste: dê um beliscão em qualquer parte do seu corpo, no braço, na coxa, no abdome e em seguida dê o mesmo beliscão (com a mesma força) na pele do seu pênis. Viu?????? É interessante verificar a reação dos pacientes ao aplicarem as injeções no pênis; eles relatam que não sentem aquilo que estão vendo acontecer. Pode parecer estranho, pois o que ocorre é justamente o contrário do que se imagina. INJEÇÃO NO PÊNIS NÃO DÓI.